Axe baba woman look

Brazilian Samba ‘Baianas’ (and white Barbie dolls)

(Veja o álbum completo neste link)

Nota: ‘Axé Babá’ – Conceito criado pelo autor para definir cultura negra falsificada, baseada em mistificações e chavões recorrentes, cada vez mais comum no Brasil.

—————-

Nem precisa entender inglês. É isto aí que vocês pensaram mesmo.

Foi por estes dias quase pré-carnavalescos. Uma exposição exibia vistosos figurinos de baianas de várias escolas de Samba do Rio de Janeiro. Olhei e logo percebi que, curiosamente os manequins eram pequenas bonecas brancas (tipo barbie) de olhos azuis.

Bem, sabem como eu sou, certo? Estranhei, e o que é pior, maldei.

Inquirido por força do óbvio inusitado e ululante de personagens negras, símbolo de uma manifestação cultural tão arraigadamente africana (ou afro descendente, se preferirem) como escola de Samba, serem representadas por bonecas assim tão branquinhas, quase nórdicas, a pessoa que montava a exposição – ajudante do carnavalesco, autor da mostra –  afirmou, meio distraidamente:

_  “Brancas? Como assim?Ah sim…É que o foco são só as roupas!”

Incomodado, insisti com mais perguntas, agora daquelas bem mais cretinas:

_” Ué, mas ficou esquisito, não é não? Era só comprar bonequinhas negras, gente!”

E ele, saindo pela tangente, sorrindo amarelo:

_”É, mas acontece que não encontramos no mercado”

Eu, santo inquisidor, sem me fazer de rogado:

_”…Ou então pintava a carinha das bonecas, ora, qual seria o problema?”

Foi quando o assistente de carnavalesco, já pelas tamancas comigo, deu então o xeque mate dele:”Sim, sim, mas é que não tínhamos recursos”E eu, desistindo:

_”Ui! esta doeu!” (Pensei só, claro. Não falei não que era para não me aborrecer mais ainda com a empáfia joão-sem-braço dele).

Engraçado: Lembrei na horinha daquelas inflamadas feministas negras que andam espalhando por aí a sua ira, supostamente santa.

_”Salve mamãe Oxum! Eparrêi, Iansã!”_ Gritei, literalmente chamando alguma mãe, á caça de alguma proteção matriarcal.

Santa Mãe de Deus! Se estas irmãs estão ali comigo, torceria por um corretivo nele, no carnavalesco e seu assistenteMas não.

E vai que elas entram numa de querer escalpelar os pobres homens, com o perdão da palavra…cortar o saco…quer dizer…as ‘coisas’ deles (e eu ia querer me matar de remorso).

Daí, fazer o que? Os coitados escalpelados, emasculados iam ter que apelar para os amigos da não menos inflamada militancia anti homofóbica do Brasil que, numa campanha bombástica e multicolorida na orla da Zona Sul, levantaria a lebre – ou a bandeira – de que ataque foribundo das mulheres teria sido mesmo fruto de um enrustido preconceito delas contra os homens em geral – mesmo os homossexuais – e… pasmem!.. até mesmo aqueles que, reverentes e cabeças feitas num candomblé de esquina, adoram desfilar no Carnaval vestidos de baiana.

Fichas caídas: Bichas, bonecas barbies, Carnaval, feministas negras, algumas com cabelos alisados a escova progressiva, regressiva, reversiva, sei lá, já nem sei mais…

(E nós, os homens negros pobres heteros coitados, é que somos os crioulos doidos.)

Virgem Maria! Que enredo é este, mermão? Se continuar assim, vamos ter de rever todos os nossos conceitos sobre a cultura negra do Brasil.

—————-

É, mas foi só um relance de pensamento maldoso, uma mera piração febril por que logo logo caí de novo na real.

Bem, foi daí, diante daquele quase carnavalesco desbundado me sorrindo amarelo, tão cheio de respostas esfarrapadas para tudo, como os olhos me fuzilando com aquela raiva contida dos pobres de espírito pegos com mão na botija, que só me restou dar o meu risinho mais maldoso sair pela tangente e ir embora, pensando comigo mesmo:

_” É…. O Brasil do Axé babá é mesmo isto tudo aí, baby!”

Spírito Santo

Janeiro 2011

(Não deixe de ver o álbum completo neste link):

Leia também (aprofundando um dos lados deste papo):African Womanist Clenora Hudson-Weems

Anúncios

~ por Spirito Santo em 29/01/2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: