Grupo Vissungo tem crédito ‘garfado’ e protesta!

A página deste site que disponibiliza (à nossa revelia) a trilha sonora do filme Chico Rei (1985) de Walter Lima Júnior traz uma excelente resenha, excetuando-se apenas um equívoco grave: o Grupo Vissungo foi o co-autor da trilha sonora, responsável pela pesquisa, composição e  tratamento (arranjos, fabricação de instrumentos tradicionais, etc.) de toda a parte de música ‘africana’, cabendo à WagnerTiso, exclusivamente a parte de música européia.

As participação de Milton Nascimento foi apenas episódica, cantando duas músicas-tema compostas por Wagner Tiso, do mesmo modo que Clementina de Jesus que participou cantando a introdução de uma música por nós composta e um ponto de vissungo original, também conosco, no que foi o seu derradeiro trabalho em estúdio, sua última gravação.

No caso do disco, o erro foi proposital, pois, se deveu à decisão do produtor de criar – por discutíveis razões mercadológicas – uma espécie hierarquia de créditos que ressaltava as figuras mais famosas da lista de artistas, no caso os nomes de Milton Nascimento e Wagner Tiso.

Outro equívoco grave é que a trilha sonora do filme recebeu dois importantes prêmios internacionais (Bogotá, Colômbia e Ghent na Bélgica) prêmios estes aos quais como co-autores da trilha fazemos jus, embora jamais nos tenham sido entregues ou mesmo a nós informado sobre no que consistiram, se foram medalhas, estatuetas, certificados ou mesmo dinheiro, nada. O certo é que, do mesmo modo que ocorre nesta resenha, a mídia sempre atribuiu, recorrentemente os créditos apenas à Wagner Tiso, o que não é, de modo algum correto.

Esta mesma omissão ocorreu também no Dicionário de Música Popular de Ricardo Cravo Alvin no qual estas mesmas informações faltavam no nosso currículo, e só foram corrigidas após termos alertado os responsáveis.

“Prezado Spírito Santo,

Muitíssimo obrigada por seu contato. É sempre reconfortante poder contar com a participação de todos no sentido da correção de eventuais erros que possamos cometer por conta de informações coletadas em outros veículos. Estou compartilhando sua mensagem com meu supervisor, Ricardo Cravo Albin, e também com os demais pesquisadores que integram a nossa equipe, Paulo Luna, Geralda Magela e Euclides Amaral (um dos quais é responsável pela redação deste verbete), para que o erro seja imediatamente corrigido.

Um abraço,”

Reproduzimos abaixo a única matéria da imprensa que nos deu o crédito merecido:

…”O épico Chico Rei deu continuidade ao projeto de um cinema histórico mais atento às elaborações mitológicas que ao rigor das versões acabadas. Lima Jr. usa a história do primeiro escravo a se tornar dono de ouro no Brasil para investigar as suas próprias raízes negras.

O Grupo Vissungo, em sua fusão de arte e militância, teve papel decisivo na formatação sonora do filme, que ainda mobilizou ícones da música negra brasileira como Milton Nascimento, Clementina de Jesus, Naná Vasconcelos e Geraldo Filme. “Trecho do artigo “um cinema que quer ser música”

de Carlos Alberto Mattos Publicado na revista Veredas (CCBB/Rio, Nov-2000)

Você pode obter mais informações sobre o Grupo Vissungo também na wikipédia neste link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Grupo_Vissungo

Gostaríamos, por favor, de ver também desta vez corrigido este equívoco, neste mesmo sentido solicitamos aos amigos que nos ajudem a divulgar esta informação em nome da verdade.

Obrigado

Spirito Santo (Grupo Vissungo)

———————

(Na foto de still de Maria Helena Mattos de Almeida, Grupo Vissungo ensaia cena final do filme ‘Chico Rei’ com congadeiros reais arregimentados pelo grupo em duas cidades do interior de Minas Gerais. Em destaque instrumentos musicais fabricados pelo grupo especialmente para a cena.)

Anúncios

~ por Spirito Santo em 23/03/2011.

Uma resposta to “Grupo Vissungo tem crédito ‘garfado’ e protesta!”

  1. Temos que começar a denunciar estes caçadores profissionais de “passarinhos” dos outros.
    asé
    romão

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: