As chaves da alma abrem, escancaram mais uma porta do passado…e já nem sangra.

Creative Commons LicenseTodo o conteúdo deste blog está assegurado sob uma licença Criative Commons.

ilha-grande-ruc3adnas-da-cadeia-copy

Ruínas dos fundos da velha cadeia do presídio da Ilha Grande, Rio de Janeiro

Titio na hemeroteca da BN: Quase um anti superstar

(E não vivo dizendo? Titio tem história.)

Emocionado aqui. Bastante, coração apertado e tudo. A amiga pesquisadora Bete Scg me socorre e encontra na hemeroteca da BN dados jornalísticos sobre a orgulhosa prisão do Titio como subversivo em 1969.

Gratidão eterna.

habeas Data 2

A casa na verdade – o policiazinha inapta – na verdade era outra, que não consta no inquérito e era um aparelho da Var Palmares. Nenhum de nós três morava lá.

Havia muito material no aparelho, inclusive, que eu tenha visto, pelo menos um velho fuzil e o tal mimeógrafo. Cruzamos uma vez com pessoas estranhas lá, deviam ser figurões da organização. Me lembro que eram muito brancos e se vestiam como europeus ou gente rica da zona sul, algo assim muito ” bandeira” num subúrbio, para quem faz coisas perigosamente clandestinas.

Na minha casa mesmo só havia “documentos” (textos de estudo marxista ou manuais de luta armada) escondidos no baú de um velho sofá cama e meus livros. Cercaram o quarteirão. Levaram e destruiram tudo. Como não conseguiram arrancar nada de nós no Exército, onde foi o “interrogatório” (e nem foi assim tão  insuportável a tortura), nada disso, da Var Palmares, pode constar nos inquéritos…uffa! (num dos docs. que li do inquérito, diz que esqueceram de separar o que apreenderam de outras apreensões e contamiram, melecaram todas as provas. )

(Cliquem nas imagens para ampliá-las)

Abaixo, Titio Spírito Santo tal como estava em Agosto de 1968, em foto para a revista do Festival Estudantil da TV Globo, apenas quatro meses antes da prisão. Como se vê, pareço mesmo um perigosíssimo terrorista subversivo.

Habeas Data 3

Habeas data corrigido 1

O curioso é que a polícia ignorou, solenemente esta decisão judicial noticiada pelo jornal Tribuna da Imprensa 5/6 de julho de 1969 e não me libertaram de jeito nenhum.

Me lembro que estava na Ilha Grande nesta época, transferido para lá na madrugada do dia 12 de junho de 1969 e nem cheguei a ficar sabendo que a II Auditoria da Marinha, tão “boazinha”, havia acatado este recurso de forma assim tão meiga, como se houvesse lei na ditadura.

Habeas data corrigido 2

Como se vê, a minha prisão preventiva foi prorrogada por mais seis meses e segui preso por quase dois anos, sem nenhuma acusação formal apresentada.

Era uma justiça de fancaria aquela. As vezes podiam absolver presos que já estavam mortos. A cada recurso legal concedido, havia sempre um novo pedido de prisão preventiva interposto e decretado. Além de torpes eram ineptos em sua opressão desmedida.

O fato é que nem me lembro direito quando saí de lá, da Ilha Grande.

Não achei nenhum doc. de minha saída de lá, nenhum memorando, nada. Só sei que não foi dessa vez que saí. É como se, oficialmente eu ainda estivesse lá, fantasma entre as ruínas do presídio, hoje demolido.

Sei apenas que voltei para a prisão da Dops e lá fiquei e estava ainda lá em setembro de 1969, quando do rumoroso sequestro do embaixador americano Charles Burke Elbrik. Me lembro bem até de um dos libertados que estava comigo nesta prisão da DOPS: Ricardo Vilas, o de mais baixa estatura entre os libertados, algemados em frente ao avião Hércules que partiria para o México (veja na foto)

Habeas Data 9

Ricardo é músico. Integrava o grupo vocal Momento Quatro (veja no link com Ricardo ao lado de Edu Lobo, na foto) que apresentara com Edu Lobo a música Ponteio, no III Festival Música Brasileira de 1967. Mostrei a ele uma música que havia composto pouco antes da prisão, se não engano, uma parceria interrompida com o Carlos Dafé. 

(Por acaso, depois de tanto tempo, me encontrei dia desses, não tem nem um mês, com o Ricardo Vilas na UFRJ – ele, claro nem se lembrava mais de mim – por força de um ensejo para-acadêmico que talvez nos reúna e do tão pequenininho que este nosso mundo é.)

Habeas data 4

O MOITA citado na matéria ao lado, na verdade era um grupo de teatro do Méier, recém criado por influencia do MOCA (Movimento Cultural e Artístico) este sim a tal “célula comunista” segundo a polícia, de onde saímos todos os presos, que, por acaso, faziam teatro mesmo. Muito Brecht. Eu, por exemplo dirigia a música do grupo.

Éramos, portanto, subversivos bem novatos. Havíamos, os três presos naquele janeiro, feito apenas dois treinamentos com arma de fogo, no alto da Serra de Bangu (um deles com uma velha garrucha enferrujada)

O fato é que nunca soube, exatamente quanto tempo fiquei preso. Presumo que tenha sido entre um e quase dois anos. O único doc. oficial que consegui do fim desta saga foi o memorando desta mesma II Auditoria da Marinha comunicando à DOPS o arquivamento do meu processo em 1970 (no print)

Habeas Data 6Não tinha a menor ideia sobre a existência dessas matérias de jornal sobre o trâmites do meu processo. Me senti importante guerrilheiro, juro. Estas matérias de 1970 provam, cabalmente que não me soltaram mesmo em julho coisíssima alguma. De abril de 1970, provavelmente (me lembro vagamente) prorrogaram a prisão preventiva por mais seis meses.

Devo ter sido solto, ali pelo final de 1970, cumprindo uma cadeia, como sempre imaginei, cerca de 2 anos.

Vou enviar todos estes docs. recentes à Brasília onde corre um interminável processo no MJ/Comissão de Anistia, visando a reparação dos crimes da ditadura cometidos contra este plácido Titio.

Só me falta agora achar os prints das matérias imediatas à prisão, para o Titio ex terrorista ficar, completamente famosão.

Habeas Data 8——-

As matérias gentilmente encontradas pela amiga Bete Scg – nem sei como agradecer – são das seguintes datas e jornais:

Diário de Notícias 12 de Janeiro de 1969
Tribuna da Imprensa, 5/6 de Julho 1969,
Diário da Tarde, Curitiba, 1 de Abril de 1970,
Jornal do Brasil, Rj, 1 de Abril de 1970,
Tribuna da Imprensa, RJ – 1 de Abril de 1970,

Spírito Santo

Junho 2015

Anúncios

~ por Spirito Santo em 05/06/2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: